Atendimento Presencial
Seg a Sex das 08h às 18h
  Sáb das 8h às 13h

Atendimento online
Agende sua teleconsulta
Clique aqui

Artrose de quadril: como é o tratamento cirúrgico?

Segundo dados do Ministério da Saúde, a artrose atinge cerca de 15 milhões de pessoas no Brasil. 

Além disso, alguns estudos têm apontado a relação entre artrose no quadril e doenças cardíacas. 

Isso significa que tratar a artrose deve ser uma prioridade para os portadores dessa doença degenerativa.

 Nem sempre o tratamento conservador (com medicações e fisioterapia) é suficiente para conter um quadro de artrose. 

Quando as dores são intensas e surgem outras complicações derivadas da doença primária, pode ser hora de procurar um tratamento cirúrgico.

Pensar em realizar uma cirurgia sempre nos causa medo e angústia.

Como é o tratamento? Precisarei de anestesia? Quanto tempo dura a cirurgia? Depois de quantas semanas estarei recuperado? 

Muitas dúvidas surgem. Para te tranquilizar e te ajudar a entender melhor sobre o tratamento cirúrgico para artrose no quadril, vamos te explicar tudo que você precisa saber sobre o procedimento.

Vamos começar!

Cirurgia para artrose no quadril

A intervenção cirúrgica deve ser realizada quando os outros métodos de tratamento não apresentam resultado eficaz para o seu caso. 

Ela é a última opção!

Existem diferentes técnicas, que variam conforme o grau da doença e condições singulares do paciente.

Independente da técnica, o objetivo das cirurgias é remover a cartilagem danificada (integralmente ou parcialmente), permitindo que o paciente volte a realizar as atividades diárias com conforto e qualidade de vida. 

Em alguns casos a remoção não será suficiente para manter a articulação do quadril saudável.

Então, será necessário realizar uma artroplastia (cirurgia de prótese de quadril).

A artroplastia é o procedimento mais indicado para tratar artrose grave. 

Veja mais!

Artroplastia do quadril

Esse procedimento cirúrgico tem como objetivo substituir a articulação do quadril por uma prótese, removendo a articulação danificada e com artrose. 

A prótese colocada pode ser parcial (substituição apenas o fêmur) ou total (fêmur e acetábulo). 

Além dessa divisão entre parcial e total, existem duas outras variações:

  • O material utilizado para a prótese pode ser de metal, cerâmica ou polietileno.
  • A forma de fixação da prótese no corpo pode ser por fixação no osso através do método press-fit (sob pressão) ou pelo método de fixação com cimento ortopédico. 

O seu médico ortopedista decidirá qual procedimento é mais indicado para o seu caso, após um diagnóstico preciso de sua condição.

Veja como funciona a cirurgia.

Como funciona a cirurgia para artrose no quadril?

O procedimento é realizado em um centro cirúrgico com os equipamentos necessários. A anestesia geral é necessária. 

O cirurgião realiza uma incisão na pele da região frontal da coxa em direção à parte lateral da coxa. 

Através desse corte ele remove as partes de articulação danificadas (cabeça do fêmur e/ou acetábulo) e insere a prótese. 

A duração média da cirurgia é de 2 horas e 30 minutos, podendo variar conforme características do paciente.

O paciente poderá ficar em pé logo no primeiro dia após a cirurgia, entretanto, a internação hospitalar pode durar até 05 dias.

Já a recuperação total ocorre cerca de dois ou três meses depois.

Para que essa recuperação ocorra de forma satisfatória, o médico receitará anti-inflamatórios e analgésicos para as primeiras semanas.

Além disso, é necessário realizar acompanhamento fisioterapêutico de 06 meses a 01 ano para garantir a recuperação integral da articulação e sucesso do procedimento.

Procure um ortopedista especializado

Agora você já sabe como funciona o tratamento cirúrgico para artrose no quadril.

Procure um ortopedista experiente e qualificado para te acompanhar.

Agende já sua consulta na Clínica Paulista!

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...
CHAT
ONLINE