Atendimento Presencial
Seg a Sex das 08h às 18h
  Sáb das 8h às 13h

Atendimento online
Agende sua teleconsulta
Clique aqui

Como é a artroscopia do ombro

A artroscopia do ombro é, na verdade, uma cirurgia realizada pelo ortopedista para avaliar as estruturas internas do ombro, como os ossos, tendões e ligamentos, e realizar os tratamentos indicados. 

Essa cirurgia é minimamente invasiva e o profissional faz uma pequena incisão de aproximadamente 2 cm no ombro do paciente e introduz uma pequena câmera (chamada artroscópio) na articulação. Essa câmera produz uma imagem em tempo real que o cirurgião pode ver em um monitor, tendo assim uma visualização completa de todo interior do ombro.

Geralmente, a artroscopia é utilizada em casos de lesões agudas e crônicas no ombro e que não melhoram com o uso de remédios e fisioterapia. Sendo assim, através deste procedimento, o ortopedista consegue confirmar o diagnóstico prévio e realizar, ao mesmo tempo, um tratamento, quando necessário. 

A artroscopia do ombro é indicada em casos de rotura de um ou mais tendões do manguito rotador, luxação de ombro, lesão labral (tipo SLAP), osteoartrose glenoumeral, síndrome do impacto subacromial, tendinopatia ou rotura do tendão da cabeça longa do bíceps.

É possível realizar alguns tratamentos por meio da artroscopia do ombro. Entre eles estão:

  • Reparação de ligamentos, no caso de rompimento;
  • Remoção de tecido inflamado;
  • Remoção de cartilagem solta;
  • Tratamento do ombro congelado;
  • Avaliação e tratamento da instabilidade do ombro.

O tempo de recuperação da artroscopia do ombro é bem mais rápido que o da cirurgia tradicional, mas pode variar de acordo com a lesão e o procedimento. A maioria dos pacientes recebe alta hospitalar no dia seguinte à cirurgia. 

Além disso, o procedimento também tem uma vantagem em relação à cicatrização, por não haver cortes extensos, o que torna as cicatrizes menores. O pós operatório consiste em: 

  • Tomar os analgésicos e anti-inflamatórios receitados pelo médico;
  • Imobilizar o braço com uma tipoia pelo tempo indicado pelo ortopedista;
  • Não fazer esforço com o braço do lado operado;
  • Dormir com a cabeceira da cama levantada e dormir sobre o outro ombro;
  • Aplicar gelo ou bolsas de gel sobre o ombro durante a primeira semana;
  • Fazer fisioterapia duas ou três semanas após a artroscopia para recuperar todo o movimento e amplitude da articulação.

Apesar de ser um procedimento cirúrgico muito seguro, como em qualquer outra cirurgia, a artroscopia do ombro tem um risco de infecção, sangramentos ou surgimento de lesões nos vasos sanguíneos ou nervos.

E é por isso que para minimizar as chances destas complicações deve-se optar um profissional qualificado e certificado em cirurgia do ombro e cotovelo.

CHAT
ONLINE