Atendimento Presencial
Seg a Sex das 08h às 18h
  Sáb das 8h às 13h

Atendimento online
Agende sua teleconsulta
Clique aqui

Cirurgia de artroscopia no ombro: o que é?

A artroscopia no ombro é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo que visa corrigir pequenas alterações nas articulações da região do ombro.

Geralmente a cirurgia é recomendada apenas em casos de complexidade média quando, por exemplo, o uso de medicamentos e/ou fisioterapia não resolvem 100%.

O médico especialista indicado para esse tipo de cirurgia é o ortopedista. É ele que vai, através de incisões minimalistas, avaliar o que precisa ser feito.

Continue lendo e entenda de forma simples o que é a cirurgia de artroscopia no ombro e como ela é feita.

Além disso, saiba como é a recuperação para os pacientes e quais os riscos envolvidos nesse tipo de operação.

Diagnóstico que determina a necessidade de cirurgia

Antes de tudo, o diagnóstico que determinará a necessidade de cirurgia é feito através de exames de imagem.

Sendo constatada alguma lesão, uma pequena incisão é feita no ombro do paciente, por onde uma fina mangueira com uma câmera na ponta é introduzida no ombro do indivíduo.

O equipamento fará uma varredura a fim de identificar as lesões existentes e determinar a estratégia a ser usada na cirurgia.

Como ocorre esse procedimento cirúrgico?

A artroscopia no ombro é um procedimento cirúrgico minimamente invasivo, como já foi mencionado.

O equipamento usado para a observação das estruturas internas do ombro será reutilizado para os procedimentos de reparação de possíveis danos.

Com a ajuda do equipamento, o ortopedista irá realizar intervenções simples, tais como:

  • Remoção de tecidos inflamados e/ou cartilagens soltas
  • Reparação de tecidos danificados ou fissuras nos músculos e tendões da região

Portanto, quando se fala de artroscopia no ombro, refere-se a um tratamento para lesões de grau menos severo.

Em casos mais graves de lesões no ombro são necessárias intervenções cirúrgicas tradicionais.

Quando problemas mais graves são identificados, a artroscopia serve apenas como complemento de exames de imagem.

A recuperação é demorada?

Por ser um procedimento cirúrgico com o mínimo de invasão, a recuperação da artroscopia no ombro é simples.

O tempo de cicatrização é muito mais curto que o visto em cirurgias tradicionais.

Esses fatores são ocasionados, entre outras coisas, pelo tamanho dos cortes produzidos pelo procedimento que são menores na artroscopia.

O período pós operatório de artroscopia no ombro consiste em medidas simples, tais como:

  • Imobilização do braço onde foi feita a cirurgia
  • Aplicação de analgésicos e anti-inflamatórios, como por exemplo gelo, que é um anti-inflamatório natural
  • Fisioterapia para recuperação da amplitude dos movimentos do ombro, iniciada três semanas após a intervenção cirúrgica

Riscos relacionados à artroscopia no ombro

A artroscopia no ombro é um procedimento muito simples, seguro e rápido, não oferecendo riscos elevados ao paciente.

Por conter etapas muito pragmáticas e de simples execução, o risco de sangramentos exagerados e ou infecções fica praticamente descartado.

Porém, é muito importante que um profissional qualificado seja escolhido para a tarefa, a fim de se evitar riscos desnecessários.

Aqui na Clínica Ortopédica Paulista nós temos especialistas em ombro que vão fazer o diagnóstico correto e, se necessário, realizarão uma artroscopia de ombro perfeita.

Está sentindo dor no ombro?

Marque já a sua consulta!

CHAT
ONLINE